quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Vida Literária encerra atividades em Suzano com visita a sete escolas

O projeto Vida Literária finalizou na noite de ontem (27) as atividades em Suzano. Com o trabalho na Escola Municipal Abrão Salomão Domingues foram um total de sete escolas na cidade visitadas, 250 alunos contemplados com palestras sobre a "Importância da leitura" e mais de 500 livros distribuídos gratuitamente. Agora começa o planejamento para que o projeto seja realizado em outros municípios.

Em todas as unidades visitadas foram realizadas atividades com estudantes do programa Educação de Jovens e Adultos. Todos os livros utilizados no projeto foram enviados pelas editoras Litteris e Valentina e por pessoas de diversas regiões do Brasil, após uma campanha de arrecadação feita pela Internet.
O Vida Literária realizou ações nas escolas Professora Célia Pereira de Lima, Mércia Amaral Andrade de Brito, Adélia de Lima Franco, Abrão Salomão Domingues, Luiz Romanato, Victor Salviano e José Celestino Sanches e o projeto voluntário deve atender unidades de outras cidades no mês de novembro. Em cada escola é ministrada palestra sobre a importância da leitura para formação cultural e educacional e ainda é realizada a distribuição livros para os estudantes que participam da atividade.

Entre os livros distribuídos estão “Morte súbita”, de J.K.Rowling, “Campo dos Milagres”, de Hannah Luce, “O Teorema Katherine”, de John Green, “Extraordinário”, de R. J. Palácio, "Sherlock: um estudo em vermelho", de Arthur Conan Doyle, "O príncipe e o mendigo", de Mark Twain, "Caetés", o primeiro romance do escritor brasileiro Graciliano Ramos, "Mentes tranquilas, almas felizes", de Joyce Meyer, "Como fazer tudo melhor", "Homens que não conseguem amar", de Steven Carter & Julia Sokol, "Fortaleza Digital", de Dan Brown, entre muitos outros títulos e autores.

Segundo a jornalista Débora Kaoru, idealizadora do projeto, o objetivo da iniciativa é promover a leitura. “A realidade brasileira mostra que o acesso de grande parte da população aos livros é muito restrito, por isso a iniciativa de oferecer livros gratuitamente é algo muito positivo. Estamos satisfeitos com esta ação e esperemos conquistar novos leitores”, completou. O Vida Literária conta também com a coordenação do jornalista Anderson Fernandes.

A arrecadação dos livros pela Internet complementa o financiamento coletivo (https://www.catarse.me/projeto_vida_literaria_092a?ref=project_link) que está em andamento para realização do projeto Vida Literária e é uma forma de contemplar um número maior de estudantes.




























0 comentários:

Postar um comentário