quinta-feira, 6 de abril de 2017

Escolas de Mogi das Cruzes e Itaquá recebem livros e palestras no dia 13 de abril

Livros e o incentivo à leitura invadem no próximo dia 13 de abril as escolas estaduais Professor Clovis da Silva Alves, em Itaquaquecetuba e Professora Irene Caporali de Souza, em Mogi das Cruzes. As unidades de ensino receberão o projeto Vida Literária, que leva palestra sobre a importância da formação cultural e educacional e distribui obras literárias para estudantes. Aproximadamente 800 alunos nas duas escolas devem participar da atividade.

Todos os livros que serão utilizados nas escolas de Mogi e Itaquá foram doações da Folha de São Paulo, Livraria Boigy, Instituto Thadeu José de Moraes, do Encontro de Comunicação do Alto Tietê (ECAT), do poeta Paulo Odair, do professor Cláudio Fernandes, da jornalista Sílvia Caricati, da estudante Drielle Fulco e de pessoas de diversas regiões do Brasil, após uma campanha de arrecadação feita pela Internet. Em cada escola é ministrada palestra sobre a importância da leitura para formação cultural e educacional e ainda é realizada a distribuição de livros para os estudantes que participam da atividade. O projeto é coordenado pelo jornalista Anderson Fernandes.

“Esse é um projeto que só acontece e é realizado porque conta com a participação de algumas empresas, instituições e pessoas que sabem da importância do livro para formação educacional e cultural. Levar esse trabalho para as escolas tem como objetivo ampliar a experiência dos alunos com a literatura. Ou seja, despertar neles a vontade de ler, o gosto pela leitura”, comentou Fernandes.
Entre os livros que serão distribuídos no próximo dia 13 estão “Terra Nua”, “A Dinâmica do Amor”, “Operação Cavalo de Troia”, “O Bebê de Rosemary”, “Mar Morto”, “As Crônicas de Narnia”, “Campo dos Milagres”, "O príncipe e o mendigo", "Fortaleza Digital", “Dom Casmurro”, “Os Sertões”, “Grande Sertão: Veredas”, “O alienista”, entre muitos outros títulos.

“Diversas escolas estão entrando em contato, mas infelizmente não consigo ainda atender todas, já que este é um projeto feito de forma voluntária e principalmente porque os livros são doações. Conforme recebo as obras, seleciono as que se enquadram melhor ao público a que serão ofertadas e após ter uma boa quantidade de livros e principalmente de qualidade, é acertada a realização da agenda na unidade de ensino”, acrescentou Fernandes.

Para contribuir com o Vida Literária é fácil! Só enviar um e-mail para jornalistafernandes@gmail.com, que será combinado como o livro chegará ao projeto. Quem precisar de mais informações sobre a iniciativa pode consultar os endereços: www.facebook.com.br/projetovidaliteraria e www.vidaliteraria.com.br. “Vamos fazer bom uso das doações facilitando o acesso de estudantes aos livros e ainda promovendo e incentivando a leitura”, conclui Fernandes.

Livro grátis
Como complemento ao projeto Vida Literária, os autores de “Nocaute”, os jornalistas Anderson Fernandes e Débora Kaoru, disponibilizarão de 13 a 17 de abril o e-book do livro gratuitamente no site da Amazon (www.amazon.com.br). O livro também pode ser baixado pela loja Kindle e lido com o aplicativo.

 “Nosso objetivo é promover a leitura e ainda possibilitar que o livro ‘Nocaute’ seja acessível”, explicou Fernandes, que acrescentou que a realidade brasileira mostra que o acesso de grande parte da população aos livros é muito restrito, por isso a iniciativa de oferecer o livro gratuitamente é algo muito positivo. “Estamos satisfeitos com esta ação e esperemos conquistar novos públicos e leitores”, completou o jornalista.

O livro Nocaute tem gerado comentários positivos. Sites e blogs especializados em literatura têm elogiado a forma como a publicação conduz o debate sobre maioridade penal. A obra conta a história de Antônio Silva, Pitbull, que ainda na infância enfrenta a morte dos pais e acaba sendo direcionado para um orfanato e após alguns crimes, para uma unidade de internação de menores. Neste local, o menino conhece o casal Marcos e Cláudia, que o ensinam o sentindo da vida, por meio da educação e do esporte.

0 comentários:

Postar um comentário