terça-feira, 7 de novembro de 2017

Vida Literária realiza distribuição de livros em escola de Suzano no dia 14

O Vida Literária realiza no próximo dia 14 de novembro sua 25ª ação com palestras sobre a importância da leitura e distribuição gratuita de livros. Desta vez recebe o projeto a escola estadual Professora Jussara Feitosa Domschke, em Suzano. Participarão da atividade aproximadamente 400 estudantes.

Segundo o coordenador do Vida Literária, Anderson Fernandes, as obras literárias que serão levadas à unidade de ensino foram reunidas durante a “Semana para Doar Livros”, realizada na Universidade Mogi das Cruzes (UMC), de 23 a 28 de outubro. “Conseguimos neste evento cerca de 600 livros em bom estado de uso, dos gêneros poesia, literatura brasileira, romances, ficção, autoajuda, entre outros, que certamente serão muito disputados na escola Jussara Feitosa”.

O projeto teve início em outubro de 2016, com estudantes da EJA (Educação de Jovens e Adultos). Depois, passou a receber muitos pedidos de professores de escolas com Ensino Médio e instituições sociais que realizam trabalhos educacionais e culturais com jovens. Em cada local, além da distribuição de livros, é ministrada uma palestra sobre a importância da leitura e das obras literárias.

“Com o trabalho a ser realizado na Jussara Feitosa, chegaremos a marca de mais de 6.000 livros distribuídos gratuitamente para jovens de diferentes idades. Acreditamos que a leitura como direito de todos evita o aprofundamento de divisões sociais, educacionais, culturais. Desta maneira, incentivando a leitura oferecemos mais que um instrumento de dignificação, realizamos um grande ato de valorização e aperfeiçoamento do ser humano. Então agradecemos muito a parceria e apoio da UMC ao projeto, possibilitando a realização de mais uma atividade”, acrescentou a jornalista Débora Kaoru, também coordenadora do Vida Literária.

A coordenadora dos cursos de Comunicação da UMC, Agnes Arruda, reforçou que a parceria com Vida Literária para realização da “Semana para Doar Livros” foi muito positiva. “A partir do momento que trabalhamos com produção de conteúdo e necessariamente este está relacionado ao ato de ler, não podemos fechar os olhos para um grave problema que é a queda no índice de pessoas que cada vez leem menos. Então contribuir e trabalhar na formação de novos leitores também é a garantia para um futuro melhor, principalmente para os comunicadores”.

Mais informações www.vidaliteraria.com.br e www.facebook.com.br/projetovidaliteraria.


0 comentários:

Postar um comentário